A LUTA PELO RECONHECIMENTO E INSTITUCIONALIZAÇÃO DA ÁGUA COMO UM DIREITO HUMANO

A defesa da água pública, do acesso à água, da água como um direito humano – já reconhecido pela ONU (2002) mas alvo da cobiça mercantilista de grandes interesses económicos – faz, hoje, parte do núcleo fundamental e distintivo de uma política humanista, de uma verdadeira alternativa de esquerda, que recoloque o Homem – e … Continue a ler A LUTA PELO RECONHECIMENTO E INSTITUCIONALIZAÇÃO DA ÁGUA COMO UM DIREITO HUMANO

Água: Direito Humano ou Negócio para Proveito de Alguns? (Parte III de IV)

Uma das primeiras medidas da gestão PS, logo em Janeiro de 2002 –  primeiro mês da entrada do PS na Câmara Municipal de Évora –  foi rasgar o acordo consensual, existente entre as Câmaras Municipais do Distrito, para a criação de um sistema público intermunicipal que garantia a água pública, o investimento necessário e o … Continue a ler Água: Direito Humano ou Negócio para Proveito de Alguns? (Parte III de IV)

Água: Direito Humano e Base do Desenvolvimento (Parte II de IV)

Em Portugal, • Usamos de 50% a 60% das disponibilidades hídricas; • A estrutura de uso (56% na agricultura; 23% na energia; 11% na indústria; 5,5% no abastecimento municipal sendo 67% para consumo humano; 4% na aquacultura) mostra que, apesar da sua importância, o consumo humano tem um peso pequeno no uso total da água; … Continue a ler Água: Direito Humano e Base do Desenvolvimento (Parte II de IV)

Água: Direito Humano e Base do Desenvolvimento (Parte I de IV)

  No Planeta aprofunda-se uma perigosa situação global de escassez de água potável: • 1.100 milhões de pessoas não têm água potável garantida e 2.400 milhões não têm saneamento básico; • Desde 1950, o consumo mundial de água mais do que triplicou; • Nos próximos 20 anos, o consumo tenderá a aumentar 40%; • 470 … Continue a ler Água: Direito Humano e Base do Desenvolvimento (Parte I de IV)